Cimentos

Descrição Geral

Os tipos de Cimento Portland podem ser diferenciados principalmente, com relação à sua composição, sendo um dos materiais de maior uso na construção civil.

O Cimento Portland pode ser classificado por sua resistência: 25 MPa (Unidade de medida utilizada para calcular resistência), 32 MPa ou 40 MPa, que representam as resistências mínimas à compressão aos 28 dias de idade (período de cura).

Atualmente, a CSN produz os cimentos ensacados: CP II-E-32, CP II-F-32 e CP III-40 RS e granel: CP II-E-40 e CP III-40 RS, com uma resistência mínima de 32 MPa e 40 Mpa, todos de acordo com a norma ABNT NBR 16697. Além disso o CP III da CSN, possui elevada resistência a sulfatos, ou seja, resistente a água de esgotos, água do mar e alguns tipos de solos com compostos agressivos.

Acesse as informações de segurança de produtos químicos.

CENTRAL DE VENDAS: 0800 282 8200

CP III-40 RS

O CP III-40 RS está normatizado através da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) sob número NBR 16697. A produção industrial é feita pela moagem do clínquer, sulfato de cálcio, material carbonático e escória granulada de alto-forno, também conhecida como LHS – Ligante Hidráulico Siderúrgico.

No caso do CP III, a adição da escória de alto-forno, na sua composição, contribui para o aumento da resistência final. E é essa mesma escória que é a responsável pela coloração mais clara do CP III, quando comparado a outras classes de cimento, ou seja, a cor do cimento é determinada pelas matérias-primas componentes do produto, não tendo relação alguma com a sua resistência. A mistura de cimento, água e outros materiais da construção civil, tais como areia e brita, produzem argamassas e concretos para as mais diversas aplicações.

O uso de escória de alto-forno no CP III tem vantagens técnicas que atribuem maior durabilidade e poder de impermeabilização. A adição de escória também diminui a probabilidade de aparecimento de fissuras de origem térmica.

Dentre as diversas vantagens do cimento CP III da CSN pode-se destacar:

  • Diminuição de trincas e fissuras;
  • Maior durabilidade;
  • Menor permeabilidade;
  • Alta eficiência em meios agressivos (ambientes salinos, solos pantanosos, rios com despejos industriais e esgotos);
  • Baixo calor de hidratação
  • Características de mitigação da Reação Álcali-Agregado
  • Produto ecologicamente correto.

As principais aplicações do cimento CP III são: fundações, estruturas de concreto-massa ou armado, argamassas de diversos tipos, pavimentos diversos e obras em contato com ambientes agressivos por sulfatos como rede de esgoto.

Características Físicas e Composição

Porcentagem de massa para composição do CP III

TIPO DE CIMENTO CLINQUER E GESSO ESCÓRIA GRANULADA DE ALTO-FORNO MATERIAL CARBONÁTICO
CP III 25 – 65 35 – 75 0 – 10

Principais características físicas do cimento CP III

TIPO DE CIMENTO Classe RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO FINURA TEMPO DE PEGA EXPANSIBILIDADE
MPa
3 dias
MPa
7 dias
MPa
28 dias
MPa
91 dias
Resíduo na Peneira
75 µm
Início
(min)
Fim
(min)
À frio
(mm)
À quente
(mm)
CP III 40 ≥ 12 ≥ 23 ≥ 40 ≥ 48 ≤ 8,0 ≥ 60 ≤ 720 ≤ 5 ≤ 5

CP II-E-32 e CP II-F-32

Produzidos segundo a norma NBR 16697, os cimentos Portland CP II-E e CP II-F são Cimentos Compostos, produzidos a partir de silicatos de cálcio, alumínio e ferro, sulfato de cálcio, filler carbonático e no caso do CP II-E, há também a baixa adição de escória de alto-forno, o que garante aos produtos resistências iniciais superiores e são indicados para a construção geral.

Dentre as diversas vantagens do cimento CP II da CSN pode-se destacar:

  • Versatilidade;
  • Secagem rápida;
  • Resistências iniciais superiores.

As principais aplicações do cimento CP II são: artefatos de cimento, blocos de concreto, lajes, pisos industriais e calçadas, fundações, argamassas de assentamento e revestimento e estruturas de concreto.

Características Físicas e Composição

Porcentagem de massa para composição do CP II

TIPO DE CIMENTO CLINQUER E GESSO ESCÓRIA GRANULADA DE ALTO-FORNO MATERIAL CARBONÁTICO
CP II-E 51 – 94 06 – 34 0 – 15
CP II-F 75 – 89 11- 25

Na tabela abaixo se pode avaliar as características e propriedades físicas do cimento CP II quanto ao início e fim de pega, expansibilidade a quente e a frio, e resistência à compressão com 3, 7 e 28 dias de idade:

Principais características físicas do cimento CP II-E

TIPO DE CIMENTO Classe FINURA TEMPO DE PEGA EXPANSIBILIDADE RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO
Resíduo na Peneira
75 µm
Início
(min)
Fim
(min)
À frio
(mm)
À quente
(mm)
3 dias (MPa) 7 dias (MPa) 28 dias (MPa) 91 dias (MPa)
CP II-E 32 ≤ 12,0 ≥ 60 ≤ 600 ≤ 5 ≤ 5 ≥ 10 ≥ 20 ≥ 32
40 ≤ 10,0 ≥ 60 ≤ 600 ≤ 5 ≤ 5 ≥ 15 ≥ 25 ≥ 40
CP II-F 32 ≤ 12,0 ≥ 60 ≤ 600 ≤ 5 ≤ 5 ≥ 10 ≥ 20 ≥ 32

Última atualização em 27 de abril de 2021.

Voltar Topo