Relacionamento Institucional

NICOLE Brasil

A empresa tem participação ativa na rede NICOLE Brasil, organização líder no desenvolvimento e promoção de soluções para o gerenciamento de áreas contaminadas, formada por especialistas, consultorias e universidades. Nesta organização a CSN, membro fundador do grupo, participa ativamente através da Gerência de Projetos e Passivos Ambientais, liderando um dos grupos técnicos de trabalho relacionado ao desenvolvimento de tecnologias ambientais (Intrusão de Vapores do Solo).

Evidenciando o compromisso de constante gestão de seus passivos ambientais de áreas industriais, bem como recuperação de áreas degradadas pela atividade de mineração, a Companhia busca promover a reabilitação ambiental por meio de inovações tecnológicas e técnicas consagradas, sempre em conformidade com a legislação pertinente.

Grupos de Trabalhos do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (GVces).

Desde 2014, A CSN está envolvida com as ações dos grupos de trabalho do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (GVces), que trabalha no desenvolvimento de estratégias, políticas e ferramentas de gestão públicas e empresariais para a sustentabilidade, no âmbito local, nacional e internacional. Além de produzir conhecimento e promover a troca de boas práticas entre empresas participantes, ao final de cada ciclo são geradas publicações de acesso público para a sociedade. Confira as publicações em que a CSN pôde contribuir com sua experiência:


FÓRUM CLIMA INSTITUTO ETHOS

Desde 2012, a CSN participa do Fórum Clima, organizado pelo Instituto Ethos de Responsabilidade Social, e em 2015 aderiu à Carta Aberta ao Brasil sobre Mudança do Clima, propondo que o Governo Brasileiro assumisse um papel de liderança durante a 21ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP-21, que foi realizada em Paris.

GHG PROTOCOL

Desde 2010, vem realizando o inventário das emissões de gases de efeito estufa, seguindo as diretrizes do GHG Protocol, para subsidiar sua gestão de carbono, mitigação de riscos e adaptação às mudanças climáticas. Em 2015 e 2016, recebeu o selo Ouro da organização por responder todas as informações e submeter à verificação externa o inventário de todas as unidades da Companhia.

CDP (CARBON DISCLOSURE PROJECT)

A CSN responde aos questionários "climate change, water e supply chain" do CDP, reportando sua gestão de mudanças climáticas e água.

COMISSÃO BRASILEIRA DE ACOMPANHAMENTO DO RELATO INTEGRADO

Desde 2015, a CSN vem participando dos encontros promovidos pelo BNDES e demais parceiros que visam discutir e fomentar a adoção do Relato Integrado no Brasil de forma voluntária. Esta iniciativa é reconhecida e incentivada pelo International Integrated Reporting Council (Conselho Internacional para o Relato Integrado, ou IIRC na sigla em inglês). A Companhia reconhece que há uma evolução no modelo de apresentação das informações corporativas que associa os resultados financeiros ao valor criado por outras iniciativas, como ações sociais e ambientais. Embarcamos nessa jornada aplicando o framework da iniciativa e analisando a correlação dos seus capitais à estratégia da organização às suas diversas informações financeiras e não financeiras.

GLOBAL REPORTING INITIATIVE (GRI)

A Companhia, desde 2012, utiliza critérios de mapeamento dos impactos ambientais, sociais e econômicos de acordo com as diretrizes do Global Reporting Initiative (GRI), para todas as suas operações. Os dados e indicadores obtidos neste processo permitem acompanhar o desempenho e avaliar sua exposição a riscos socioambientais e oportunidades futuras.

Última Atualização em 23 de Novembro de 2016

Voltar Topo