FTL

A Ferrovia Transnordestina Logística (FTL) é uma empresa privada que transporta cargas ferroviárias há 18 anos, escoando produtos de forma segura, regular e com custos competitivos. Ela tem a concessão da Malha Nordeste da antiga Rede Ferroviária Federal S.A. que foi privatizada em 1997.

A linha ferroviária em operação atualmente, com 1.190 km em bitola métrica, liga os portos de Itaqui (São Luis/ MA), Pecém (São Gonçalo do Amarante/ CE) e Mucuripe (Fortaleza/ CE), promovendo a integração e dinamizando a economia regional. A FTL movimenta cargas com 92 locomotivas e 1.434 vagões

Em 2016, a empresa transportou 2,7 milhões de toneladas, dos quais 1,4 milhão de celulose, 607 mil de combustíveis e 370 mil de cimento.

quebra de linha

Intersecção com a TLSA

A Linha Tronco Sul-Fortaleza (trecho ferroviário entre Missão Velha/CE e Porto do Pecém/CE) será incorporada pela TLSA, que está construindo na região uma nova linha de 527 Km de bitola mista (1,60m e 1,00m). Isso permitirá uma operação conjunta das duas ferrovias nesse trecho.

Eficiência energética & Tecnologia

A FTL tem o grande desafio de promover um controle mais efetivo do combustível e reduzir o seu uso. De 2013 para 2015, a empresa conseguiu diminuir seu consumo de diesel em mais de 8%, o que, além de ganhos econômicos, trouxe redução na emissão de poluentes. Esse trabalho em busca de maior eficiência energética é um dos destaques da FTL.

Atenta ao seu papel estratégico na cadeia logística da região, a FTL tem como foco a busca constante pela atualização tecnológica, possibilitando a constante melhoria de seus processos através de várias ferramentas.

Saiba mais aqui

  • LOCARGA®: sistema de localização de cargas que usa a mais moderna tecnologia de monitoramento de mercadorias em trânsito;
  • TRAINS®: atua como suporte à decisão para o despacho de trens e para a operação ferroviária. Resultado de um trabalho de implementação que durou dois anos, essa ferramenta elabora planejamentos otimizados em tempo real, realiza previsões e simulações na malha, considerando diversas restrições e particularidades, além de possibilitar a padronização operacional.
  • TRANSFER®: possibilita de uma forma eficiente e prática o gerenciamento de todos os pátios e frotas em tempo real, tornando os processos de gerenciamento ainda mais precisos.
  • AUTOTRAC PRIME: mais moderno do que o AUTOTRAC GPS, usado anteriormente pela FTL, possibilita o monitoramento de todos os trens tanto por meio de satélite quanto por GSM, aumentando o controle da frota e possibilitando a comunicação com o maquinista em qualquer local do percurso.


Documentos Úteis

Processo de travessia Escala de Maquinistas

Para saber mais sobre as operações acessórias da FTL ou conferir o sistema de monitoramento de carga (Locarga), clique e confira.

Última Atualização em 2 de Agosto de 2017

Voltar Topo